ciberduvidas Ter dúvidas é saber. Não hesite em nos enviar as suas perguntas. Os nossos especialistas e consultores responder-lhe-ão o mais depressa possível.

[Abertura]

Celebrar o Dia da Língua Portuguesa

1. Língua de Camões, Vieira, Bernardes e Camilo, os «quatro evangelistas» («O nobre idioma, o alti-sonante português», de Coelho Neto), o idioma luso navegou para ouros continentes e ganhou novas pátrias, alargando o universo linguístico com a melodia de outros tons e o sabor de uma infinitude de variantes.

Senhora de um espaço que se estendeu aos quatro continentes, é comemorada em todo o universo lusófono, neste dia, 5 de Maio, Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) —, data definida no XIV Conselho de Ministros desta organização, realizado em Junho de 2009, em Cabo Verde.

Língua-mãe de poetas e escritores («Língua materna», Ana Paula Tavares) de aquém e de além-mar, entronizada como «pátria» por Pessoa, caracterizada como «língua que aceita brincadeiras» (pelo angolano Pepetela), «língua nossa, essa que dá gosto a gente namorar» (pelo moçambicano Mia Couto, em «Perguntas à Língua Portuguesa»), como «língua esvoaçante (pela guineense Odete Semedo), enaltecida em poemas de amor (como pelo brasileiro Olavo Bilac em «A Língua Portuguesa») a língua portuguesa reafirma a sua projecção, quando celebrada por cantores como Caetano Veloso, em «Língua», que orgulhosamente a assume como a sua eleita («Gosto de sentir a minha língua roçar a língua de Luís de Camões»), por ele cantada como «Flor do Lácio Sambódromo Lusamérica latim em pó». Como estes, muitos outros textos de homenagem à língua portuguesa podem ser (re)visitados na rubrica Antologia.

2.  A língua portuguesa na publicidade é o tema central dos programas Língua de Todos (sexta-feira, dia 6, às 13h15*, na RDP África; com repetição no dia seguinte, às 9h15*) e Páginas de Português (domingo, 8 de Maio, às 17h00, na Antena 2).

3.  Comemorar a língua implica respeitá-la, reconhecendo-a como um código comum a todos os falantes da lusofonia que se actualiza constantemente pelo uso, mas que se rege por normas. Por isso, estudar e reflectir sobre a língua significa homenageá-la. Assim, o espaço dedicado à sintaxe, à formação de palavras, ao léxico («Horário de pico», ou «horário de pique» e As expressões «é de longe» e «nem de longe, nem de perto»), às regências (ocupar-se), à ortografia e à acentuação, casos que são objecto das novas respostas do consultório, em que se reflecte sobre as peculiaridades do idioma, assume-se como uma nossa homenagem à língua portuguesa.

Uma selecção dos conteúdos publicados no Ciberdúvidas encontra-se disponível no Facebook.

*Hora oficial de Portugal continental.

Ciberdúvidas da Língua portuguesa :: 05/05/2011

[Aberturas]
Ciberdúvidas regressa no dia 10 de junho com novo visual gráfico
Um Ciberdúvidas com cara nova
Para desfazer confusões sobre a nova ortografia
O português no espaço digital
Em português, sempre
«Acordo Ortográfico bem encaminhado»
Brasileirismos, calão e pronúncia
O regresso do «tu-cá-tu-lá do português de Angola», com os Mambos da Língua
Uma língua pluricêntrica e multicultural
Encontros e desencontros da nova ortografia

Mostra todos

Ciber Escola Ciber Cursos