ciberduvidas Ter dúvidas é saber. Não hesite em nos enviar as suas perguntas. Os nossos especialistas e consultores responder-lhe-ão o mais depressa possível.

[Abertura]

Os problemas das construções verbais

Muitos são os casos geradores de dúvida na construção dos enunciados, mas maiores são as hesitações quando se acumulam questões inerentes à sintaxe e à conjugação dos verbos, núcleo da ação da frase: a regência, implicando a presença de preposições (que nem sempre podem sofrer a contração/crase com o artigo que se lhes segue) e de infinitivo (flexionado ou não); a gramaticalidade da recorrência ao gerúndio; a adequação das formas tónicas na conjugação com pronomes; os casos de exceção que, fruto da ênclise pronominal, requerem alterações às formas regulares (quere-a e quere-la), assim como a atenção necessária à relação entre a sintaxe e a semântica dos verbos portugueses (dar trabalho vs. dar-se ao trabalho).

Por isso, a atualização do consultório se centra na complexa área das estruturas verbais.


Entretanto, no Pelourinho, um caso de pleonasmo vicioso na comunicação social portuguesa é objeto de reflexão de Paulo J. S. Barata.


A língua no universo literário ganha outros voos, premiando o leitor e promovendo o prémio. Este ano, o Prémio Camões, o maior prémio literário de língua portuguesa, distinguiu o escritor brasileiro Dalton Trevisan, o autor de O Vampiro de Curitiba (nome pelo qual é conhecido) e de Cemitério de Elefantes. A unanimidade do júri foi claramente exposta ao público: «Dalton Trevisan significa uma opção radical pela literatura enquanto arte da palavra. Tanto nas suas incessantes experimentações com a língua portuguesa, muitas vezes em oposição a ela mesma, quanto na sua dedicação ao fazer literário sem concessões às distrações da vida pessoal e social.»


Na inauguração da Feira do Livro de Díli, capital de Timor-Leste, o presidente português elogiouAcordo Ortográfico e a sua adoção por autores e editores, salientando que não só concorda com esta reforma como participou ativamente na sua ratificação.


O Centro de Linguística da Universidade do Porto vai realizar a Jornada sobre Marcadores Discursivos, em 6 de junho, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, com o conferencista José Portolés, da Universidad Autónoma de Madrid (Espanha). Para mais informações, veja-se  o programa aqui.



texto<br><br> descritivo da imagem

texto descritivo da imagem

Ciberdúvidas da Língua Portuguesa :: 22/05/2012

[Aberturas]
Ciberdúvidas regressa no dia 10 de junho com novo visual gráfico
Um Ciberdúvidas com cara nova
Para desfazer confusões sobre a nova ortografia
O português no espaço digital
Em português, sempre
«Acordo Ortográfico bem encaminhado»
Brasileirismos, calão e pronúncia
O regresso do «tu-cá-tu-lá do português de Angola», com os Mambos da Língua
Uma língua pluricêntrica e multicultural
Encontros e desencontros da nova ortografia

Mostra todos

Ciber Escola Ciber Cursos