ciberduvidas Ter dúvidas é saber. Não hesite em nos enviar as suas perguntas. Os nossos especialistas e consultores responder-lhe-ão o mais depressa possível.

[Abertura]

Confusões à volta da aplicação do Acordo Ortográfico no Brasil

Disponibiliza-se nas Controvérsias um texto publicado no Diário de Notícias e da autoria do poeta, escritor e político português Vasco Graça Moura, que interpreta como sinais de suspensão próxima o adiamento da obrigatoriedade do Acordo Ortográfico (AO) no Brasil e a notícia de eventuais acertos por parte da Academia Brasileira de Letras.

Na verdade, o que se passa é um prolongamento por mais três anos do período de adaptação ao AO. Importa notar aliás que, à semelhança do processo de transição português, no Brasil, a ortografia anterior (de 1943, alterada em 1971) continua a ser seguida por quem assim o entender, apesar de a também chamada "implantação" ter sido já decretada e efetivamente conseguida nos mais variados setores da sociedade brasileira. Como complemento a esta informação, leia-se:

Brasil deve esperar Portugal para Acordo Ortográfico, diz senadora

Adiamento do acordo ortográfico deve mudar pouco a realidade, diz acadêmico

Gol contra

Revolta ortográfica

Carta Aberta ao Ministro da Educação


Em Portugal, em 2011, austeridade era a palavra do ano. E a de 2012 não é estranha ao mesmo campo lexical: trata-se do neologismo "entroikado" (ou entroicado, como é preferível), «em situação difícil, tramado», em resultado da votação da "Palavra do Ano", uma iniciativa da Porto Editora.

O anúncio foi feito neste dia em cerimónia realizada na Biblioteca Municipal José Saramago, em Loures, e reporta-se à escolha da palavra mais popular entre as dez de uma lista quase integralmente relacionada com a crise financeira e socioeconómica: desemprego, entroikado, solidariedade, cortes, democracia, imposto, manifestação, refundar, TSU(sigla correspondente à expressão «Taxa Social Única»). Só a presença de bosão nesta série dá tréguas à preocupação com que os portugueses referem a atualidade.

A propósito, sendo troica, como já aqui assinalámos, o aportuguesamento de troika, natural seria que a nova "Palavra do Ano" se grafasse entroicado, e não "entroikado". Fica feito o reparo, na esperança de lexicógrafos e jornalistas darem atenção a este aspeto.

Ciberdúvidas da Língua Portuguesa :: 04/01/2013

[Aberturas]
Ciberdúvidas regressa no dia 10 de junho com novo visual gráfico
Um Ciberdúvidas com cara nova
Para desfazer confusões sobre a nova ortografia
O português no espaço digital
Em português, sempre
«Acordo Ortográfico bem encaminhado»
Brasileirismos, calão e pronúncia
O regresso do «tu-cá-tu-lá do português de Angola», com os Mambos da Língua
Uma língua pluricêntrica e multicultural
Encontros e desencontros da nova ortografia

Mostra todos

Ciber Escola Ciber Cursos