ciberduvidas Ter dúvidas é saber. Não hesite em nos enviar as suas perguntas. Os nossos especialistas e consultores responder-lhe-ão o mais depressa possível.

[Abertura]

Pode a linguística
beneficiar o ensino da língua?

Palavras do professor universitário português João Costa sobre os linguistas e a linguística:

«Faz-nos falta um Carl Sagan, que consiga mostrar aos jovens que esta é uma área científica fascinante e com muito por descobrir. Há uns meses estive numa escola a explicar a jovens adolescentes o que estudam os linguistas. No final da sessão, tinha uma turma inteira a dizer que queria estudar linguística.»

Estas e outras considerações, designadamente sobre o estado da disciplina de Português em Portugal, fazem parte de uma entrevista incluída no n.º 1 do volume 4 da Revista Eletrónica de Linguística dos Estudantes da Universidade do Porto. Este número também disponibiliza dois estudos, que vêm precisamente ao encontro da explicação de conhecidas dificuldades (sobretudo por parte de professores) na identificação de ditongos e verbos reflexos: "Sobre os ditongos do português europeu" e "Os verbos pseudo-reflexivos em português europeu" (manteve-se a ortografia original).


Apesar da pausa do consultório até 15 de janeiro, continuam a ficar em linha algumas respostas que aguardavam publicação. São tópicos com relevo especial: o uso do termo iuane, referente à moeda da República Popular da China; a palavra geyser, um empréstimo proveniente da Islândia e de aportuguesamento problemático; a sintaxe dos verbos pressionar e premir.

Recorde-se que no Facebook se disponibilizam registos sonoros de alguns dos conteúdos aqui publicados, como sejam os apontamentos sobre a palavra mandraca ou as expressões «vinho frutado» e «encher a mula». 



texto<BR/><BR/> <BR/><BR/>descritivo da <BR/><BR/>imagem

texto descritivo da imagemCibercursos






Ciberdúvidas da Língua Portuguesa :: 07/01/2013

[Aberturas]
Ciberdúvidas regressa no dia 10 de junho com novo visual gráfico
Um Ciberdúvidas com cara nova
Para desfazer confusões sobre a nova ortografia
O português no espaço digital
Em português, sempre
«Acordo Ortográfico bem encaminhado»
Brasileirismos, calão e pronúncia
O regresso do «tu-cá-tu-lá do português de Angola», com os Mambos da Língua
Uma língua pluricêntrica e multicultural
Encontros e desencontros da nova ortografia

Mostra todos

Ciber Escola Ciber Cursos