ciberduvidas Ter dúvidas é saber. Não hesite em nos enviar as suas perguntas. Os nossos especialistas e consultores responder-lhe-ão o mais depressa possível.

[Abertura]

Erros temerários

Diz-se que é temerário o que age sem temor e até com imprudência, enquanto ao que mostra receio se aplica o adjetivo temeroso. Esta é a diferença que em Portugal parece andar esquecida e que Paulo J. S. Barata relembra no Pelourinho. No consultório, também é tempo de recordar regras: vígil, «desperto», tem o plural vígeis, ou seja, em -eis, como todos os substantivos e adjetivos graves (ou paroxítonos) terminados em -l (cf. réptil/répteis e fácil/fáceis). Revela-se ainda que abestunto é uma variante de bestunto, e que é o mesmo que «não é?» em final de frase, usado como marcador conversacional. Através do Facebook e por uma aplicação para smartphones (com o apoio da Fundação Vodafone) é igualmente possível aceder a estas e outras perguntas.

 


Para ajudar o Ciberdúvidas a continuar como serviço de acesso livre e sem fins lucrativos, destinado ao esclarecimento e discussão de tópicos do uso e da norma da nossa língua comum, basta clicar o botão “Faça aqui o seu donativo” (nesta página, em cima, à direita). Informação suplementar aqui.

Os nossos agradecimentos.



Ciberdúvidas da Língua Portuguesa :: 22/05/2013

[Aberturas]
Ciberdúvidas regressa no dia 10 de junho com novo visual gráfico
Um Ciberdúvidas com cara nova
Para desfazer confusões sobre a nova ortografia
O português no espaço digital
Em português, sempre
«Acordo Ortográfico bem encaminhado»
Brasileirismos, calão e pronúncia
O regresso do «tu-cá-tu-lá do português de Angola», com os Mambos da Língua
Uma língua pluricêntrica e multicultural
Encontros e desencontros da nova ortografia

Mostra todos

Ciber Escola Ciber Cursos