ciberduvidas Ter dúvidas é saber. Não hesite em nos enviar as suas perguntas. Os nossos especialistas e consultores responder-lhe-ão o mais depressa possível.

[Abertura]

O uso do verbo dormir em Angola, entre outras questões

Em O Nosso Idioma, Edno Pimentel corrige um erro curioso de alguns falantes angolanos: entre eles, o verbo dormir significa não especificamente «estar no estado de sono» mas, de modo mais genérico, «passar a noite» (texto original publicado no jornal angolano Nova Gazeta).

No consultório, continua a discussão de casos sobre os quais a doutrina normativa não é categórica: está correto empregar anexado em lugar de anexo? «Adeus, que me vou embora», ou «adeus, que vou-me embora»? Pode o verbo adequar ser conjugado em todos os tempos e modos?

A consulta destes conteúdos também pode ser feita pelo Facebook ou por uma aplicação para smartphones (com o apoio da Fundação Vodafone).

 


Assinale-se neste dia, 19 de junho, o lançamento, no Anfiteatro III da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (FLUL), às 19h00, do Dicionário Livre do Santome-Português (Editora Hedra Educação), trabalho dos investigadores e professores universitários Gabriel Araújo (Universidade de São Paulo) e Tjerk Hagemeijer (FLUL). O santome ou são-tomense é uma das línguas crioulas autóctones faladas na República de São Tomé e Príncipe (ler artigo de Tjerk Hagemeijer, que se refere a este país como «as ilhas de Babel»).

 


Se quer apoiar a continuação do Ciberdúvidas como serviço de acesso gracioso e universal, onde se esclarecem e discutem questões de língua portuguesa, prima o botão "Faça aqui o seu donativo" (nesta página, em cima, à direita; outras informações aqui). Os nossos agradecimentos.

 

Ciberdúvidas da Língua Portuguesa :: 19/06/2013

[Aberturas]
Ciberdúvidas regressa no dia 10 de junho com novo visual gráfico
Um Ciberdúvidas com cara nova
Para desfazer confusões sobre a nova ortografia
O português no espaço digital
Em português, sempre
«Acordo Ortográfico bem encaminhado»
Brasileirismos, calão e pronúncia
O regresso do «tu-cá-tu-lá do português de Angola», com os Mambos da Língua
Uma língua pluricêntrica e multicultural
Encontros e desencontros da nova ortografia

Mostra todos

Ciber Escola Ciber Cursos