ciberduvidas Ter dúvidas é saber. Não hesite em nos enviar as suas perguntas. Os nossos especialistas e consultores responder-lhe-ão o mais depressa possível.

[Abertura]

Literatura infantil debatida no programa Páginas de Português

O programa Língua de Todos de sexta-feira, 21 de junho (RDP África, às 13h15*; com repetição no sábado, 22 de junho, às 9h10*), convida a professora Maria Perpétua Gonçalves, da Universidade Eduardo Mondlane, de Maputo, para falar do estatuto do português em Moçambique. No Páginas de Português de domingo, 23 de junho, (na Antena 2, às 17h00*), a literatura infantil é o tema debatido por vários especialistas : as obras para jovens alcançam públicos mais amplos, com as lendas, as fadas, as fábulas a constituírem objeto de aprofundados estudos; além disso, convocam-se outras artes, como sucede com o design gráfico, que, neste género, atinge, por vezes, requintes de verdadeira arte. E recorde-se que, de 2.ª a 6.ª-feira, às 14h40*, na Antena 1, prossegue a rubrica Jogo da Língua, com Sandra Duarte Tavares, docente de Língua Portuguesa no Instituto Superior de Educação e Ciências (ISEC) e consultora do Ciberdúvidas da Língua Portuguesa.

* Hora oficial de Portugal continental.

 


Quem fala é falante, quem remete é remetente e quem contribui é... contribuinte. Geralmente, os nomes e adjetivos com o sufixo -nte derivam de temas verbais; é, pois, de esperar que aos verbos ouvir ou contribuir, da 3.ª conjugação, de infinitivo terminado em -ir, correspondam, respetivamente, os substantivos ouvintecontribuinte. Porém, com os temas verbais da 3.ª conjugação, há muitas exceções; por exemplo, a dormir corresponde dormente. Justamente a propósito da forma contribuinte, Edno Pimentel volta a dar conta, em O Nosso Idioma, das particularidades do português de Angola (texto original publicado no jornal Nova Gazeta em 20/06/2013). No consultório, também se comenta um regionalismo angolano – a interjeição cuata –, para dar um salto aos Açores e saber o que é uma falsa no contexto da habitação; e a propósito do caso Edward Snowden, procura-se uma palavra equivalente a whistleblower, ou seja, «pessoa que denuncia ilegalidades praticadas por uma organização». Todos estes conteúdos estão disponíveis no Facebook e numa aplicação para smartphones (com apoio da Fundação Vodaphone).

 


Acerca de como vai o uso extensivo e internacional da língua portuguesa, são notícia:

– a exigência feita em 19 de junho ao Tribunal Distrital de Díli  por parte do Programa de Monitorização do Sistema Judicial de Timor-Leste (JSMP), uma organização não-governamental timorense, no sentido de nomear tradutores de língua portuguesa que tenham conhecimentos jurídicos para não prejudicar os arguidos, testemunhas e o público;

– a vontade manifestada pelo presidente do Comité Olímpico de Portugal (COP), José Manuel Constantino, de constituir o português como língua de trabalho no Comité Olímpico Internacional (COI), contando com o apoio do Brasil;

– o lançamento, no outono de 2013, de uma edição digital em português do jornal espanhol El País, destinada ao Brasil.

 


Para apoiar o Ciberdúvidas na sua atividade de esclarecimento e discussão de dúvidas sobre a língua portuguesa, basta clicar no botão "Faça aqui o seu donativo" (nesta página, em cima, à direita; outras informações aqui). Ajude este serviço sem fins lucrativos, de acesso gracioso e universal, a promover a nossa língua comum! Os nossos agradecimentos.



Ciberdúvidas da Língua Portuguesa :: 21/06/2013

[Aberturas]
Ciberdúvidas regressa no dia 10 de junho com novo visual gráfico
Um Ciberdúvidas com cara nova
Para desfazer confusões sobre a nova ortografia
O português no espaço digital
Em português, sempre
«Acordo Ortográfico bem encaminhado»
Brasileirismos, calão e pronúncia
O regresso do «tu-cá-tu-lá do português de Angola», com os Mambos da Língua
Uma língua pluricêntrica e multicultural
Encontros e desencontros da nova ortografia

Mostra todos

Ciber Escola Ciber Cursos