ciberduvidas Ter dúvidas é saber. Não hesite em nos enviar as suas perguntas. Os nossos especialistas e consultores responder-lhe-ão o mais depressa possível.

[Abertura]

Mambos da Língua na Rádio Nacional de Angola
em parceria com o Ciberdúvidas da Língua Portuguesa

Mambos da Língua – o tu-cá-tu-lá do português de Angola é o novo programa que a Rádio Nacional de Angola passa a emitir, a partir desta segunda-feira, dia 3 de fevereiro, em todos os seus canais, de Luanda e de todo o país, em colaboração com o Ciberdúvidas da Língua Portuguesa.

Mambos da Língua – o tu-cá-tu-lá do português de Angola é uma das novidades da grelha da rádio pública angolana que se estreia neste mesmo dia. Em parceria com o Ciberdúvidas, trata-se de um espaço didático de curtos apontamentos diários à volta de palavras, frases e expressões  do português, escrito e falado, em Angola, de algum modo problemáticas no seu uso corrente. O formato contempla igualmente os termos mais comuns das línguas nacionais entrados no português coloquial de Angola suscetíveis de idêntico grau de menor rigor.

Por exemplo: «”Mambos da Língua”; “mambos” porquê?» «Diz-se “huílas”, ou “muílas”?» «"Destroco" dinheiro», ou «troco dinheiro»? «Eu não "lhe" vi», ou «Eu não o vi»? «Ele fala mal e "porcamente"», ou é «Ele fala mal e parcamente»? «Associação de "beneficiência"», ou «Associação de beneficência»? "À séria", ou «a sério»? «Houve muitos acidentes», ou «"Houveram" muitos acidentes»? «Vão escrever as memórias», ou é «Vão escrever as "memória"»? «Como se diz: depois, ou "depôs"»? «Quando se  agradece a alguém, homem ou mulher, diz-se obrigada, ou obrigado?» «Maka, kota e sekulo: a origem e o que significam»; «Zungueira: como se formou esta palavra, hoje tão comum no português de Angola?»; etc., etc., etc.

[O som do primeiro apontamento.]


Na presente atualização do consultório, estão em foco os seguintes temas: o uso de o qual como determinante («a qual lei»); a ocorrência de sujeito nulo, a propósito de querer + infinitivo; a construção de compostos como político-económico.


 A Ciberescola da Língua Portuguesa e a plataforma associada Cibercursos oferecem recursos diversificados para o ensino do português (língua materna e não materna) e promovem cursos individuais para falantes estrangeiros (Portuguese as a Foreign Language). Mais informações no Facebook e na rubrica Ensino.


 Com SOS Ciberdúvidas, apela-se aos nossos consulentes para ajudarem este serviço gracioso e sem fins lucrativos a enfrentar custos de manutenção e a continuar como espaço de informação, esclarecimento e livre discussão à volta da língua portuguesa e da sua diversidade. Agradecimentos pelos  contributos que forem enviados.

 

Ciberdúvidas da Língua Portuguesa :: 03/02/2014

[Aberturas]
Ciberdúvidas regressa no dia 10 de junho com novo visual gráfico
Um Ciberdúvidas com cara nova
Para desfazer confusões sobre a nova ortografia
O português no espaço digital
Em português, sempre
«Acordo Ortográfico bem encaminhado»
Brasileirismos, calão e pronúncia
O regresso do «tu-cá-tu-lá do português de Angola», com os Mambos da Língua
Uma língua pluricêntrica e multicultural
Encontros e desencontros da nova ortografia

Mostra todos

Ciber Escola Ciber Cursos