ciberduvidas Ter dúvidas é saber. Não hesite em nos enviar as suas perguntas. Os nossos especialistas e consultores responder-lhe-ão o mais depressa possível.

[Abertura]

Se as línguas mudam, qual é o mal?

Apesar de observarmos que todas as línguas mudam – sim, mesmo a portuguesa –, muitos de nós creem que a mudança é um mal. Será, então, o uso de palavras estrangeiras, por exemplo, uma prática sem perdão? E deverá ou poderá o lexicógrafo desconhecer e recusar toda a inovação? São estas algumas das questões que a linguista e professora universitária portuguesa Isabel Casanova levanta num texto disponibilizado na rubrica O Nosso Idioma e apresentado pela autora na cerimónia que, em 15/10/2014, na Biblioteca Nacional de Portugal (BNP), assinalou o 1.º centenário do nascimento do filólogo e dicionarista português José Pedro Machado (1914-2005).* No consultório, enfrentando a realidade linguística, ajudamos quem nos procura a distinguir os pares lexicais completo/completado e dileto/predileto, a avaliar a boa formação de um composto e a definir uma família de palavras.

* Esta homenagem integra uma mostra que está patente ao público, em Lisboa, na BNP, até 31/11/2014.


Um grupo de figuras públicas portuguesas apresentou no Supremo Tribunal Administrativo, em Lisboa, uma ação judicial popular contra a aplicação do Acordo Ortográfico de 1990 (AO 90) ao ensino público (primário ao secundário). O documento reúne assinaturas de mais de uma centena de personalidades dos mais variados quadrantes e – segundo o seu entendimento –, se tiver decisão favorável, a aplicação do AO 90 no referido âmbito será considerada ilegal. Uma iniciativa anterior, com os mesmos promotores, que pediam em maio p. p. a suspensão do AO 90, foi negada pelo Supremo Tribunal Administrativo.

miramateusO programa Língua de Todos (RDP África, dias 21, às 13h15*, e 22/11, depois do noticiário das 9h00*) evoca os 50 anos da publicação do livro Luuanda, do angolano Luandino Vieira, e o que passou a simbolizar na nova literatura africana de língua portuguesa. No Páginas de Português (Antena 2, dia 23/11, depois das 17h00*), dois convidados: a professora Isabel Pires Pereira, para se referir ao acervo de produções escritas por aprendentes de Português Língua Segunda, um projeto iniciado em 2008 pelo Centro de Estudos de Linguística Geral e Aplicada, da Universidade de Coimbra; e a professora Maria Helena Mira Mateus, que fala sobre alguns aspectos da sua obra, recentemente divulgada, A Língua Portuguesa – Teoria, Aplicação e Investigação.

* Hora oficial de Portugal continental, ficando também disponível via Internet, nos endereços de ambos os programas.


A Ciberescola da Língua Portuguesa e os Cibercursos apoiam o ensino-aprendizagem do português (língua materna e língua não materna) com recursos gratuitos e cursos individuais para alunos estrangeiros (Portuguese as a Foreign Language). Informações no Facebook e na rubrica Ensino.


 

 

Ciberdúvidas da Língua Portuguesa :: 19/11/2014

[Aberturas]
Ciberdúvidas regressa no dia 10 de junho com novo visual gráfico
Um Ciberdúvidas com cara nova
Para desfazer confusões sobre a nova ortografia
O português no espaço digital
Em português, sempre
«Acordo Ortográfico bem encaminhado»
Brasileirismos, calão e pronúncia
O regresso do «tu-cá-tu-lá do português de Angola», com os Mambos da Língua
Uma língua pluricêntrica e multicultural
Encontros e desencontros da nova ortografia

Mostra todos

Ciber Escola Ciber Cursos