ciberduvidas Ter dúvidas é saber. Não hesite em nos enviar as suas perguntas. Os nossos especialistas e consultores responder-lhe-ão o mais depressa possível.

[Abertura]

Palavras do nosso tempo

Como anunciado, o Ciberdúvidas da Língua Portuguesa retoma neste dia as atualizações regulares do consultório e das demais rubricas. Assim, à volta das palavras que, em Portugal, mais marcaram as notícias de 2014, a rubrica O Nosso Idioma divulga dois artigos, mais precisamente, um apontamento da jornalista Rita Pimenta sobre o regionalismo xurdir e o texto "25 palavras que marcaram 2014", publicado na revista Visão. Um tema que vem a propósito da tradicional eleição da Palavra do Ano, um passatempo organizado pela Porto Editora –  que, desta feita, teve como mais votado o vocábulo  corrupção, selecionado entre um leque de candidatas como banco, basqueiro, cibervadiagem, ébola, gamificação, legionela, selfie e o já mencionado verbo xurdir. Também fez parte desta lista o termo jiadismo – sem h, que é como manda a norma portuguesa, a despeito da persistência da forma errada na imprensa portuguesa e até na entidade promotora da votação da "Palavra do Ano 2014". A (positiva) exceção é o semanário Expresso, que passou a grafar como deve ser a palavra referente ao seguidor desse movimento: jiadista.

Outros conteúdos que ficam igualmente em linha:

– ainda em O Nosso Idioma, um texto da autoria do linguista português Carlos A. M. Gouveia para apresentação do livro A Língua Portuguesa: Teoria, Aplicação e Investigação, da professora universitária Maria Helena Mira Mateus;

– as novas respostas sobre a formação de grafiteiro, o significado de carrinha e localidade, o uso frásico do pronome de tratamento você e a sintaxe do verbo parecer.

Uma última chamada de atenção para a rubrica Notícias, onde, no contexto da linguística portuguesa, se dá conta do impacto dos resultados da segunda fase do processo de avaliação das unidades de investigação e desenvolvimento (I&D) por parte da Fundação Europeia para a Ciência. O horizonte deste novo ano é preocupante porque algumas unidades veem comprometido o seu futuro;  assinala-se, contudo, a fusão do Instituto de Linguística Teórica e Computacional (ILTEC) com o Centro de Estudos de Linguística Geral e Aplicada (CELGA), entidades que a FCT distinguiu com boa nota, assim garantindo a continuidade de projetos que visam desenvolver recursos para a promoção da língua portuguesa.

A todos os nossos consulentes, os votos de um excelente 2015!


Em 2015, a Ciberescola da Língua Portuguesa e os Cibercursos continuam a desenvolver os seus projetos, facultando acesso gratuito a materiais para apoio do ensino e da aprendizagem do português (língua materna e não materna) e organizando cursos para estudantes estrangeiros (Portuguese as a Foreign Language).  Mais informação no Facebook e na rubrica Ensino.


Ciberdúvidas da Língua Portuguesa :: 05/01/2015

[Aberturas]
Ciberdúvidas regressa no dia 10 de junho com novo visual gráfico
Um Ciberdúvidas com cara nova
Para desfazer confusões sobre a nova ortografia
O português no espaço digital
Em português, sempre
«Acordo Ortográfico bem encaminhado»
Brasileirismos, calão e pronúncia
O regresso do «tu-cá-tu-lá do português de Angola», com os Mambos da Língua
Uma língua pluricêntrica e multicultural
Encontros e desencontros da nova ortografia

Mostra todos

Ciber Escola Ciber Cursos