ciberduvidas Ter dúvidas é saber. Não hesite em nos enviar as suas perguntas. Os nossos especialistas e consultores responder-lhe-ão o mais depressa possível.

[Abertura]

A língua portuguesa em competição

Mesmo que, no início de 2015, a atualidade nos traga outro tipo de preocupações, a comunicação social portuguesa lá vai fazendo (algum) eco dos desafios que a língua portuguesa enfrenta no meio da impiedosa competição global entre idiomas. Assinalamos, por exemplo:

– com indisfarçável melancolia, a despedida da língua portuguesa da página oficial da FIFA desde o início do ano de 2015, para dar lugar ao russo, tendo em vista a realização do Mundial de 2018 na Federação Russa;

– como compensação (talvez) surpreendente*, o lançamento de um portal em português pela edição em linha do Diário do Povo, órgão central do Partido Comunista Chinês, para «promover a comunicação e o intercâmbio» com os países lusófonos;

– um texto publicado no jornal Público e da autoria de Renato Epifânio, presidente do Movimento Internacional Lusófono, a propósito de um estudo da revista Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), segundo o qual a influência de uma língua se mede pela capacidade de ligar outras;

– um artigo do jornalista Virgílio Azevedo retirado do semanário Expresso, intitulado "Como tornar a língua portuguesa mais influente no mundo", no qual se sublinha a necessidade de o português aumentar a sua influência global e preparar-se melhor para a era digital.

* Tão surpreendente quanto a Guiné Equatorial, admitida em 2014 como 9.º membro da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), ainda não ter uma versão em português da página eletrónica governamental.


 O que é um padelista? Por que razão se diz erradamente "deia", em vez de ? A palavra discente é um adjetivo, mas pode também ser utlzada como substantivo? A expressão «a terça parte» é um numeral fracionário? Na sequência «tudo isto», tudo é quantificador, ou pronome?

As respostas estão todas no consultório.


No programa Língua de Todos de sexta-feira, 9 de janeiro (às 13h30*, na RDP África; repetição em 10/01, às 9h10*), Gilda Santos é convidada a falar sobre a digitalização do acervo do Real Gabinete Português da Leitura do Rio de Janeiro. O Páginas de Português de domingo, 11/01, às 17h00, na Antena 2, propõe-se rever os vocábulos que foram candidatos ao passatempo Palavra do Ano de 2014.

* Hora oficial de Portugal continental, ficando também disponível via Internet, nos endereços de ambos os programas.


Em 2015, as plataformas Ciberescola da Língua Portuguesa e Cibercursos prosseguem a sua atividade, desenvolvendo projetos no ensino público, de apoio à aprendizagem do português (língua materna e não materna), mantendo gratuito o acesso a materiais de estudo e organizando cursos individuais para falantes estrangeiros (Portuguese as a Foreign Language). Mais informação no Facebook e na rubrica Ensino.


Reiteramos o apelo SOS Ciberdúvidas, de modo a podermos enfrentar os custos de manutenção deste espaço, sem paralelo no universo lusófono, dedicado, há cerca de 18 anos, à divulgação, ao esclarecimento e ao debate de temas da língua portuguesa na sua diversidade. O nosso obrigado em 2015 pelo contributo de quantos, por esse mundo fora, reconhecem a importância do serviço aqui prestado, gracioso e sem fins comerciais.

Ciberdúvidas da Língua Portuguesa :: 09/01/2015

[Aberturas]
Ciberdúvidas regressa no dia 10 de junho com novo visual gráfico
Um Ciberdúvidas com cara nova
Para desfazer confusões sobre a nova ortografia
O português no espaço digital
Em português, sempre
«Acordo Ortográfico bem encaminhado»
Brasileirismos, calão e pronúncia
O regresso do «tu-cá-tu-lá do português de Angola», com os Mambos da Língua
Uma língua pluricêntrica e multicultural
Encontros e desencontros da nova ortografia

Mostra todos

Ciber Escola Ciber Cursos