ciberduvidas Ter dúvidas é saber. Não hesite em nos enviar as suas perguntas. Os nossos especialistas e consultores responder-lhe-ão o mais depressa possível.

[Abertura]

A língua portuguesa celebrada em Goa

Quando no final de 1961, após mais de 400 anos de história como possessão de Portugal, o território de Goa foi integrado na União Indiana, a língua portuguesa viu bruscamente alterar-se aí a sua sorte, conotada que estava com o colonialismo; e, durante as últimas cinco décadas, o seu uso foi perdendo terreno para outros idiomas (o concani, o marata, o canada, o hindi, o urdu e o inglês). São, pois, de assinalar neste dia as celebrações do Dia da Língua Portuguesa (Portuguese Day), mais uma vez realizadas no Parvatibai Chowgule College, em Margão (Goa), com o apoio do Centro de Língua Portuguesa que o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua mantém em Pangim. Contando com a participação de professores e alunos das escolas secundárias e do ensino superior do estado de Goa, a iniciativa abrange várias atividades (concursos, oficinas de trabalho) e inclui, além de uma exposição (O Potencial Económico da Língua Portuguesa), uma cerimónia de entrega de diplomas e certificados aos alunos que concluíram em 2014 os cursos de Língua e Cultura Portuguesas na instituição que acolhe o evento.


Como já foi aqui referido, a Plataforma do Vocabulário Ortográfico Comum da Língua Portuguesa (VOC) volta a estar novamente disponível devidamente atualizada, após a sua apresentação pública em 19/02. Fruto do trabalho de coordenação do Instituto Internacional da Língua Portuguesa, entidade responsável pela política da língua no âmbito da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), o VOC reunirá todos os vocabulários ortográficos nacionais (VON) dos Estados-membros e, além de fixar a grafia das palavras pelos princípios do novo Acordo Ortográfico, dá informação sobre as propriedades formais dos vocábulos (flexão, divisão silábica, pronúncia). Este instrumento de gestão linguística permite assim que todos os países tenham a oportunidade de elaborar os seus próprios vocabulários ortográficos, à semelhança do que já era tradicional em Portugal e no Brasil.* Recorde-se que o VOC foi oficialmente reconhecido pelos Estados-membros da CPLP mediante as conclusões finais da X Conferência de chefes de Estado e de Governo da CPLP, realizada em julho de 2014 em Díli (mais pormenores na rubrica Notícias).

*Neste momento, já fazem parte do VOC os vocabulários do Brasil, de Moçambique, de Portugal e de Timor-Leste, enquanto se espera para muito em breve a incorporação dos de Cabo Verde e de São Tomé e Príncipe (mais atrasados estão os vocabulários da Guiné-Bissau e de Angola; sobre os VON, ler declarações do linguista José Pedro Ferreira ao Jornal de Notícias).


 A propósito do memorando assinado em 19/02, na Corunha, que passa a incluir a língua portuguesa entre os idiomas de opção no ensino médio na Galiza, releve-se, na atualização do consultório, uma questão que vem dessa região de Espanha e diz respeito às combinações de pronomes: que forma tem a contração de lhes com o pronome o? Outras perguntas: o que é distopia? A palavra "legalizabilidade" tem uso? O verbo ficar pode ser um auxiliar? E onde colocar o símbolo do dólar dos Estados Unidos, à esquerda ou à direita do valor?


A propósito de usos – no caso, maus usos – dados a palavras e termos sem correspondência semântica com o seu real significado, deixamos na rubrica O Nosso Idioma uma oportuna reflexão sobre alguns dos casos mais correntes dessas «distorções danosas», na expressão do seu autor, o jornalista Manuel Matos Monteiro, em texto originário do jornal "Público".


O programa de rádio Língua de Todos volta a ser transmitido na sexta-feira, 20/02 (às 13h30*, na RDP África; com repetição em 21/02, às 9h10*). O Páginas de Português de domingo, 22/02 (às 17h00*, na Antena 2), entrevista a professora Margarita Correia sobre o tema dos dicionários. Mais informação sobre estes programas na abertura de 18/02/2015.*

* Hora oficial de Portugal continental, ficando também disponível via Internet, nos endereços de ambos os programas.


Ciber Escola

Ciberescola da Língua Portuguesa e os Cibercursos continuam a facultar recursos para o ensino e a aprendizagem da língua portuguesa (materna e não materna) e a promover cursos individuais para estudantes estrangeiros (Portuguese as a Foreign Language). Pormenores no Facebook e na rubrica Ensino.


Ciberdúvidas da Língua Portuguesa :: 20/02/2015

[Aberturas]
Ciberdúvidas regressa no dia 10 de junho com novo visual gráfico
Um Ciberdúvidas com cara nova
Para desfazer confusões sobre a nova ortografia
O português no espaço digital
Em português, sempre
«Acordo Ortográfico bem encaminhado»
Brasileirismos, calão e pronúncia
O regresso do «tu-cá-tu-lá do português de Angola», com os Mambos da Língua
Uma língua pluricêntrica e multicultural
Encontros e desencontros da nova ortografia

Mostra todos

Ciber Escola Ciber Cursos