ciberduvidas Ter dúvidas é saber. Não hesite em nos enviar as suas perguntas. Os nossos especialistas e consultores responder-lhe-ão o mais depressa possível.

[Abertura]

O português de Timor-Leste: uma verdadeira língua nacional?

Embora em Timor-Leste o português seja língua nacional (a par do tétum), a verdade é que a sua implantação neste país não é ainda satisfatória e pode piorar. Com efeito, chegam notícias segundo as quais, na sequência de nova legislação, o ensino da língua portuguesa deixa de integrar os primeiros anos do currículo e apenas ocorre a partir do 3.º ciclo de escolaridade. A medida surge no meio de certa contestação, sobretudo entre especialistas, como é o caso de Benjamim de Araújo e Corte-Real, diretor-geral do Instituto Nacional de Linguística de Timor-Leste, para quem atrasar o ensino do português é descurar a facilidade em aprender línguas que os jovens manifestam até 12 anos e, face a quem vive na cidade, deixar em desvantagem as regiões rurais, onde o conhecimento do português está muito menos consolidado, gerando-se assimetrias na igualdade de oportunidades. Perguntamos: conseguirá o português de Timor-Leste tornar-se uma verdadeira língua nacional? Procurando entender a situação linguística de Timor-Leste em tempos recentes, propomos a leitura dos seguintes artigos:

Timor-Leste, tétum, português, língua indonésia ou inglês?

Timor fala todas as línguas e nenhuma

Português, tétum ou tetuguês?

A língua portuguesa na mais próspera nação do planeta


 Lembramos que o programa de rádio Língua de Todos  vai para o ar na sexta-feira, 6/03, às 13h30*, na RDP África (com repetição em 28/02, às 9h10*). No Páginas de Português  de domingo, 8/03 (às 17h00*, na Antena 2), evoca-se a vida e a obra do grande divulgador e cultor da língua mirandesa que foi Amadeu Ferreira  (1950-2015), recentemente falecido; são também entrevistados: Edviges Ferreira, presidente da Associação de Professores de Português, sobre um preocupante relatório do Conselho Nacional da Educação que assinala a existência de uma alta taxa de retenção escolar em Portugal; e Carlos André, presidente do Centro Pedagógico e Científico de Língua Portuguesa do Instituto Politécnico de Macau, que, em 2015, promove pela primeira vez, a formação de professores de português em universidades chinesas.

* Hora oficial de Portugal continental, ficando também disponível via Internet, nos endereços de ambos os programas.


 A atualização do consultório traz duas respostas sobre sintaxe (predicativos e modificador do grupo verbal), uma a respeito da forma votado, usada como adjetivo e particípio passado, outra a propósito da irregularidade do particípio passado de escrever e, finalmente, um parecer sobre a designação a dar à primeira década do século XXI.


A Ciberescola da Língua Portuguesa e os Cibercursos apoiam o estudo da língua portuguesa (materna e não materna), produzindo materiais de acesso gratuito e promovendo aulas individuais para alunos estrangeiros (Portuguese as a Foreign Language). Informações no Facebook e na rubrica Ensino.


 Reiterando o apelo SOS Ciberdúvidas, dirigimo-nos aos nossos consulentes para nos apoiarem a enfrentar os custos de manutenção de um espaço como este, há 18 anos dedicado ao esclarecimento, divulgação e debate dos mais diversos temas da língua portuguesa. Desde já, os nossos agradecimentos a quem entenda dar o seu donativo (seguir as instruções indicadas aqui).

Ciberdúvidas da Língua Portuguesa :: 04/03/2015

[Aberturas]
Ciberdúvidas regressa no dia 10 de junho com novo visual gráfico
Um Ciberdúvidas com cara nova
Para desfazer confusões sobre a nova ortografia
O português no espaço digital
Em português, sempre
«Acordo Ortográfico bem encaminhado»
Brasileirismos, calão e pronúncia
O regresso do «tu-cá-tu-lá do português de Angola», com os Mambos da Língua
Uma língua pluricêntrica e multicultural
Encontros e desencontros da nova ortografia

Mostra todos

Ciber Escola Ciber Cursos