ciberduvidas Ter dúvidas é saber. Não hesite em nos enviar as suas perguntas. Os nossos especialistas e consultores responder-lhe-ão o mais depressa possível.

[Correio]

O Acordo Ortográfico e os linguistas

Como pôde Portugal aprovar o Acordo Ortográfico sem exigir um estudo por parte dos filólogos nesta questão? A Academia Brasileira de Letras impôs este Acordo, quando apenas dois homens (Antônio Houaiss – Brasil – e João Malaca Casteleiro – Portugal ) prepararam o texto. E atualmente, a Academia Brasileira de Letras tem apenas Evanildo Bechara como especialista. Aliás, é bom que se diga que aqui no Brasil temos a Academia Brasileira de Filologia, cujos 40 membros são especialistas. Por que eles não foram consultados? Há ainda a Associação Brasileira de Linguística composta de 4000 membros, todos especialistas, bem como a Associação de Linguística Aplicada do Brasil, composta de 3000 membros, os quais não foram consultados. Do mesmo modo, a Academia das Ciências de Lisboa conta apenas com João Malaca Casteleiro. Há a Associação Portuguesa de Linguística, a qual não foi consultada, e, ainda, o Instituto de Linguística Teórica e Computacionall, o qual ficou com a tarefa de preparar o Vocabulário Ortográfico Português. Se o VOLP da ABL está cheio de incoerência, quanto mais os vocabulários portugueses? O VOLP da Porto Editora difere do VOP do ILTEC, e ambos diferem do VOALP da ACL.

Helenilson Pereira da Silva :: :: Garanhuns – Brasil

[R]

Importa esclarecer que as divergências entre os vocabulários ortográficos existentes são em reduzido número, pelo que não tem sentido falar em incoerência. Além disso, a criação do Vocabulário Ortográfico Comum (VOC), cuja primeira versão ficará disponível em breve, permitiu centralizar no Instituto Internacional de Língua Portuguesa (IILP), com intervenção de um maior número de países (não apenas Brasil e Portugal) e diversas autoridades em Linguística, o processo de aplicação do Acordo nos diferentes países de língua portuguesa, de forma a evitar discrepâncias.

Quanto ao que refere sobre a Academia Brasileira de Letras e sobre a Associação Brasileira de Linguística, sugerimos-lhe que leia o artigo "Amnésia ou ignorância?", do Prof. Evanildo Bechara, que descreve precisamente uma opinião diferente da que refere, da presidente da Associação Brasileira de Linguística.

Sobre a polémica que se mantém no Brasil e em Portugal, como espaço também de reflexão e divulgação de qualquer tipo de controvérsias sobre a língua portuguesa, o Ciberdúvidas tem disponível na rubrica Acordo Ortográfico um conjunto de perspetivas que se têm manifestado ao longo dos últimos anos, nos dois lados do Atlântico, pró e contra o Acordo Ortográfico.

Ciberdúvidas da Língua Portuguesa :: 2014-10-03

[Correio]
Ainda o Ciberdúvidas e o Acordo Ortográfico
«A etimologia mandada "para as urtigas"»
Ainda sobre a etimologia de menino
Parabéns pela maioridade, Ciberdúvidas!
Respeito pela variação linguística do Português
«Mais bem feito»
Manuais de Português como Língua Estrangeira sem desenhos
Password = palavra-passe = senha
O Acordo Ortográfico e os linguistas
Ciberdúvidas... muito para além de Portugal

Mostra todos

Ciber Escola Ciber Cursos