ciberduvidas Ter dúvidas é saber. Não hesite em nos enviar as suas perguntas. Os nossos especialistas e consultores responder-lhe-ão o mais depressa possível.

[Abertura]

Portugal «não tem nem nunca teve uma política de língua estruturada»
(declarações do professor universitário Carlos Reis)

texto descritivo da imagem

A anunciada ação de redução da rede de ensino do português na Europa e a reação do professor Carlos Reis, que liderou, em 2008, o estudo sobre a internacionalização do português, merecem destaque neste espaço. «Os sucessivos governos têm feito da política de língua uma retórica vazia de sentido, resultante inevitável da falta de cultura, da falta de responsabilidade e do mais puro oportunismo político: enche-se a boca com os "mais de 200 milhões de falantes" e não se passa daí.» Fala quem sabe.

Entretanto, as ações simbólicas continuam: os embaixadores de Angola, Portugal e Brasil em Otava criaram um grupo de trabalho que deverá preparar a celebração do Dia da Língua Portuguesa e da Cultura da Comunidade dos Países da Língua Portuguesa (CPLP) no Canadá, que se comemora todos os anos a 5 de maio.


Qual o estatuto linguístico de expressões, como «isto é», «ou seja», «a saber»? No inglês, chamam-lhe chunks; em português, colocações. Mas qual o papel do caráter deítico do pronome isto na descrição das funções textuais da expressão «isto é»? Deixamos referência, adjacente à resposta em foco neste dia, do artigo de Harald Weinrich (1986) "A análise textual dos demonstrativos em português", in J. Schmidt-Radefeldt (org.) Semiótica e Linguística Portuguesa e Românica (Homenagem a J. G. Herculano de Carvalho), Tübingen, Gunter Narr: 15-23.


Em 12 e 13 de dezembro, realizam-se, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, as Primeiras Jornadas de Análise do Discurso, um evento organizado pelo Centro de Linguística da Universidade do Porto. O programa pode ser consultado aqui.


No programa Língua de Todos de sexta-feira, 2 de dezembro [às 13h15, na RDP África (com repetição no dia seguinte, às 9h15*)]: Augusto Manuel Correia, presidente do Instituto Português de Apoio ao Desenvolvimento (IPAD), falará sobre o investimento no ensino nos PALOP. Ainda em discussão estará também a anunciada fusão do IPAD com o Instituto Camões.


Na emissão do programa Páginas de Português de domingo, 4 de dezembro (às 17h00* na Antena 2), boas e más notícias: por um lado, o fado, património imaterial da humanidade (assim descrito por Mariza: «Não conheço nenhuma música onde o português seja tão bem cantado e tão bem dito»); por outro lado, o risco de o ensino da língua portuguesa acabar na Bélgica (o comentário de Pedro Rupio, conselheiro das Comunidades Portuguesas em Bruxelas).


Devido ao feriado de 1 de dezembro em Portugal, as atualizações no Ciberdúvidas regressam na segunda-feira, dia 5.

* Hora oficial de Portugal continental.




texto<br><br> descritivo da imagem

texto descritivo da imagem

Ciberdúvidas da Língua Portuguesa :: 01/12/2011

[Aberturas]
Ciberdúvidas regressa no dia 10 de junho com novo visual gráfico
Um Ciberdúvidas com cara nova
Para desfazer confusões sobre a nova ortografia
O português no espaço digital
Em português, sempre
«Acordo Ortográfico bem encaminhado»
Brasileirismos, calão e pronúncia
O regresso do «tu-cá-tu-lá do português de Angola», com os Mambos da Língua
Uma língua pluricêntrica e multicultural
Encontros e desencontros da nova ortografia

Mostra todos

Ciber Escola Ciber Cursos