ciberduvidas Ter dúvidas é saber. Não hesite em nos enviar as suas perguntas. Os nossos especialistas e consultores responder-lhe-ão o mais depressa possível.

[Abertura]

Nos 90 anos do nascimento de Natália Correia

Em Portugal, celebram-se os 90 anos do nascimento da poeta (designação que preferia a poetisa), ativista social notabilizada pela defesa dos direitos das mulheres antes e após a revolução de 1974, e política Natália Correia. Natural da ilha de São Miguel, nos Açores, Natália Correia é uma figura singular no panorama literário, político e social em Portugal, além de uma figura amplamente recordada em Portugal devido ao seu excecional poder de oratória e às polémicas em que frequentemente se envolvia, sobretudo aquando da sua passagem pela Assembleia da República. Exemplo disso é a sua célebre intervenção num debate sobre o aborto em Portugal, em 1982, em que Natália redigiu um poema que ficou popular, e que aqui transcrevemos em sua homenagem.


Já que o coito – diz Morgado –
tem como fim cristalino,
preciso e imaculado
fazer menina ou menino;
e cada vez que o varão
sexual petisco manduca,
temos na procriação
prova de que houve truca-truca.
Sendo pai só de um rebento,
lógica é a conclusão
de que o viril instrumento
só usou – parca ração!
uma vez. E se a função
faz o órgão – diz o ditado –
consumada essa excepção,
ficou capado o Morgado.


Quanto a atualizações, neste dia, no Consultório, apresentam-se respostas a dúvidas relacionadas com o uso da partícula que, bem como com a grafia de caráter (variantes e plurais) e de eletrofísica. Já na rubrica Pelourinho, Paulo J. S. Barata refere-se a um erro frequente nos meios de comunicação social em Portugal: a flexão errada do verbo haver na terceira pessoa do plural quando tem o significado de «existir».

Como sempre, todas as atualizações disponíveis no Facebook e numa aplicação para Smartphones.


De modo a garantirmos a subsistência deste serviço, de acesso universal e livre, de promoção e divulgação da língua portuguesa no mundo, em particular nos 8 países que a usam como língua de comunicação oficial, precisamos do apoio de todos aqueles que nos consultam diariamente. Para tal, basta carregar no botão «Faça aqui o seu donativo» (nesta página, em cima, à direita; mais informação aqui). Reiteramos o nosso agradecimento pelo apoio ao Ciberdúvidas da Língua Portuguesa.

 

Ciberdúvidas da Língua Portuguesa :: 16/09/2013

[Aberturas]
Ciberdúvidas regressa no dia 10 de junho com novo visual gráfico
Um Ciberdúvidas com cara nova
Para desfazer confusões sobre a nova ortografia
O português no espaço digital
Em português, sempre
«Acordo Ortográfico bem encaminhado»
Brasileirismos, calão e pronúncia
O regresso do «tu-cá-tu-lá do português de Angola», com os Mambos da Língua
Uma língua pluricêntrica e multicultural
Encontros e desencontros da nova ortografia

Mostra todos

Ciber Escola Ciber Cursos